ShareThis

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Homem VS Terra: Só pode sobreviver um

IT HAS BEGUN!

A Terra é um belo planeta, é a nossa casa e o nosso lar. Ela é também a maior assassina de todos os mundos conhecidos. Quantas pessoas são assassinadas todo o ano? Agora, pegue este número e multiplique por muito; esse número irracional é a quantidade de pessoas que foram mortas pela Terra.

Ela ataca de inúmeras maneiras: usa sua gravidade para aleijar e matar várias pessoas, os afoga nos seus mares, rios e lagos, nos mata com seus deslizamentos de terra e gelo, tira nossas vidas com tempestades, furacões e tornados, nos queima com sua lava, nos mata de sede em seus desertos e até mesmo em alto mar (náufragos geralmente morrem de sede, sendo que estão cercados da única água que te mata se você beber, prova do prazer doentio da Terra com nosso sofrimento).
Sem contar com os mortos pelos seus servos: inúmeras pessoas foram mortas por árvores e outros vegetais, os animais matam humanos desde sempre, desde crocodilos e tubarões até germes e vírus que nos matam por dentro, mais uma vez mostrando o sadismo deste planeta vil.

Por anos nós fomos submissos desta tirana, mas hoje nós temos como lutar de volta. Começamos aos poucos mirando primeiro em seus servos. Nem árvores, nem animais, e, graças à penicilina, nem os germes ficaram impunes. Nós finalmente começamos nossa vingança; os tombamos, os comemos, os exterminamos. Viva a raça humana e a revolução contra a Terra!

Enfim começamos a guerra direta contra a maldita. Leves ataques no começo com nossas próprias armas, como o plástico e o vidro: nossas granadas e baionetas nesta guerra. Nós atacamos suas servas mais imponentes primeiro; o front na Amazônia vem lutando com todas as suas forças para acabar de vez com a força opressora e nós vamos conseguir.
Todos nós ajudamos na guerra em um front, os oceanos, um dos mais difíceis de ganhar. Toda vez que você puxa a descarga você entra na luta. Toda vez que você finge que acha que seu lixo não vai ser “enterrado” no meio do pacífico, você entra na luta. Sim, são gestos pequenos, mas todos eles valem. De vez em quando, aplicamos um golpe mais forte, como os corajosos guerreiros do Exxon Valdez que deram o equivalente ao onze de setembro nos oceanos, mas nunca se esqueça que este golpe foi uma represália pelo Titanic. Cada gota de óleo nos oceanos, cada saco plástico, é para compensar uma vida que aquela sopa de morte nos tirou.

Além dos constantes ataques, como o brutal ataque de 26 de dezembro de 2004, em que a terra nos roubou 230mil pessoas, há aqueles que lutam pela terra, aqueles tão acostumados com a mão cruel de Gaia sobre seus ombros que não conseguem viver sem ela: partidos terroristas, como o Green Peace, que protegem criminosos conhecidos (na bíblia há relatos de um homem que foi devorado e mantido prisioneiro por uma das bestas que os bravos soldados japoneses combatem até hoje), e até partidos “verdes” que empregam uma política de obediência e subserviência a Gaia.

Pois eu digo não!

Vamos lutar, dane-se esse planeta que nos oprimi, usa de sua gravidade e resistência do ar para nos impedir de voar e dificultar nossa escapada. A Terra quer guerra, pois bem, terá uma. O homem não vai continuar a ser subjugado, nós vamos lutar, sim! A Terra é covarde: quando os primeiros focos de resistência começaram com os dinossauros, ela pediu ajuda de outros corpos celestes e eles a ajudaram eliminando a ameaça escamada, mas o sacrifício de nossos irmãos escamosos não vai ser em vão. Nós também temos aliados, como o Sol, e mesmo que a Terra nos vença, o próprio Hélios virá e porá um fim no reinado de terror desta déspota cruel.
Nós temos armas, nosso projeto mais ambicioso e que pode nos trazer a vitória, o nosso projeto Manhattan contra a Terra: o LHC. Logo, nossos buracos negros vão nos libertar.

Então, irmãos, lembrem-se: a Terra é mais velha e mais experiente, mas nós somos humanos. Nada que cruzou nosso caminho sobreviveu muito, de animais às leis básicas da natureza. Nós podemos vencer, nós vamos vencer. Continuem lutando, eu sei que eu vou.
(Traidores)

(peguem eles rapazes)
(Em breve)

9 Comentários:

Feliphe disse...

ae, posta esse super texto na comunidade do GreenPeace no orkut

Anônimo disse...

Gostei, Bigode podia ser um postador também... NOT!

Mario disse...

hueauwhawiehauiwheaiuehwa

um dos melhores posts

Duente serrano ! disse...

caralho vei! esse texto abriu meus olhos para realidade, pensei que o inimigo era o sistema mas vejo que Gaia nos oprime a muito mais tempo...

Gaia disse...

Se esse texto for postado na comunidade do GreenPEace, no orkut, usarei de minhas armas para acabar com vocês.

Cuidado.
O aviso foi dado.

Anônimo disse...

Depois que li sobre isso, to com mais pena da Terra não, hummff...

Anônimo disse...

há gente mesmo idiota e quem escreveu isto devia tar com uma moca de maconha para ter tanta imaginação. OH IDIOTA se tu foderes a terra tas a pensar ir viver para onde? Para Marte? se consegues viver sem agua potavel e sem oxigénio pede a tua mãe para te mandar um biqueiro no cu e pode ser que sobrevivas à aterragem. e voces oh "seguidores" desse otário deviam levar um bom par de estalos para ver se abriam era os olhos para a realidade e não para a estupidez que esse atrasado de merda escreveu. se consequires combater a SIDA com a penincilia és o meu herói. Cambada de VEADOS!!!!!

O Sagüi disse...

Olha só que maravilha rapaz um dos fãs de Gaia aqui, você pode reclamar o que for, a terra esta perdida e nada do que você diz vai mudar isso, aceite que nós venceremos a tirana e nada que a sua tecnologia "verde" pode fazer em relação a isso.

Mais falando sério, vc realmente não percebeu a ironia no que eu escrevi? Sério!O senhor me da pena, sua incoerência e ignorância frente a o meu post são dignos de nota, seu fracasso existêncial é o tipo de coisa que me faz ter certeza de que Deus se arrepende profundamente da raça humana, você pode se esconder sobre a face sem conseqüências de "Anônimo", mas você sabe de seu fracasso e passará o resto de sua existência sabendo que sua burrice está em um patamar inigualável, que Deus tenha piedade da sua alma.

Letícia disse...

Adorei o texto, realmente repleto de ironia. Me lembrou até uma música da Legião Urbana, chamada Perfeição... Enfim, isso não vem ao caso.

Acredito que muitas pessoas entenderam a mensagem 'subliminar' desse post, contudo outras realmente levaram ao pé da letra, e tanto estão com ódio de você por essa 'barbaridade', como outros estão decididamente vendo sentido nisso tudo: "Oh, a Terra é então a grande vilã!" EUHAUEHAUHEUAHEUA'

Postar um comentário

  ©Movimento Cultural Splatter - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo