ShareThis

segunda-feira, 20 de abril de 2009

TODOS são Pedófilos

O blog divulga outra teoria desenvolvida pela renomada Universidade de Vila Velha (UVV). Dessa vez a teoria é: Todos os seres humanos são pedófilos! O que quer dizer? Quer dizer que de cada 100 pessoas, 100 têm alguma atração por garotas com aparência de menor de idade, mas não significa que todos ajam como pedófilos e não consigam segurar seus impulsos.

A história nos mostra que casamentos de homens mais velhos com garotas muito mais novas ocorreram com freqüencia. Casamentos arranjados com menores de 14 anos eram comuns em várias sociedades (e ainda são) : lembre-se do caso de Carlota Joaquina, que casou-se por conveniência aos pais com Dom João VI quando ela tinha apenas 10 anos de idade, no século XIX. Em comunidades mais "primitivas" a sexualidade começava entre 10 e 15 anos.

(O escritor de Alice no País das Maravilhas era um pedófilo ativo)

Vemos os gostos desde a antigüidade. Por exemplo: os filósofos gregos possuem um famoso histórico de relações sexuais com seus jovens discípulos; era comum pessoas mais abastadas terem jovens (crianças) para terem relações sexuais. A psicanálise moderna já começa com uma afirmação que só respalda ainda mais essa teoria. Freud disse que "o único comportamento sexual anormal é nenhum" (fonte: CSI). Está claro pela sua afirmação que ele era um pedófilo e sabia também que todos demais eram, portanto não havia sentido julgar as pessoas de acordo com suas taras sexuais.

Apesar da criminalidade presente no ato de um pedófilo, o próprio governo já vê essa situação como inevitável e está tomando medidas para que as crianças estejam preparadas para a vida sexual bem cedo. Uma das medidas obriga as crianças colocarem camisinha num consolo do tamanho médio adulto, além disso é distribuida uma cartilha que mostra que sexo é igual a prazer e que se tomadas as medidas contraceptivas certas, não há nenhum porém.

A teoria é uma evolução do movimento pró-pedófilo, cujo principal defensor era Frits Benard. O movimento dizia que a pedofilia não era uma doença mental, mas sim uma orientação sexual específica, assim como o homossexualismo. Tom O'Caroll escreveu um livro sobre o assunto chamado "Paedophilia: The Radical Case" - claro que ele foi preso logo depois por conspiração contra a moral e por produção de pornografia infantil. A teoria apresentada aqui, contudo, afirma que não há desvio nenhum, a pedofilia seria uma condição inerente aos seres humanos.
(Pedobear: símbolo do movimento pró-pedófilo moderno)

Estudos anteriores a esses verificaram que cerca de um quarto das pessoas demonstram algum tipo de excitação sexual com crianças menores (os demais também têm, mas não o demostram). No estudo da Universidade Estadual de Kent 32,2% das amostras demonstraram interresse. Vale destacar que apesar de todos terem esse interresse, não significa que é a preferência de todos.

Esse comportamento humano gera uma quantidade enorme de pornografia infantil na internet, tanto fotos reais (Proibido! Não procurem.) quanto desenhos (proíbidos em alguns lugares). Para casos de pedofilia desenhada normal dá-se o nome de Lolicon (palavra vinda do Japão, pois lá o controle sobre taras é quase zero), para as extremas (crianças entre 0 a 5 anos) se denomina Toddlercon.

(Eles sabem o quê seus clientes querem)

Fizemos um pequeno teste a partir desses dados: levamos uma amiga nossa (maior de idade) ao shopping e pedimos que ela se aproveitasse das pessoas que não conseguiam segurar a tara por ela. Obs.: ela parece ter dez anos de idade e se veste como tal também.
Eis a lista do que ela conseguiu de graça em duas horas:

•Hamburguês do Burguer King (20 ao todo);
•Dois cartões personalizados de uma loja de fliperamas, com total de 100 reais de crédito;
•Um deck novo de Magic;
•Ganhar de um viciado em magic com seu mais novo baralho;
•Uma bíblia Mórmon;
•Muitos doces;
•Endereços em guardanapos de muitos velhos tarados.

Nós do Movimento Cultural Splatter somos os únicos que não possuem essa tara e não gostamos de quem a tem.

7 Comentários:

Anônimo disse...

muy buena información... gracias

Anônimo disse...

vcs são ótimos

Anônimo disse...

É realmente espantoso saber que este movimento cresce tanto no mundo todo.Dá medo até de ter filhos e acabar expondo-os a essas situações bizarras como essas. É o apocalipse!!!

Anônimo disse...

então, o Apocalipse começou desde os primórdios do tempo e não termina de imediato. Nós Lons aumentar a segurança, eo oposto acontece por reação

Anônimo disse...

Por mim desde que tenha prazer pelas duas partes não vejo problema nenhum nisso, sou contra o sexo forcado

wil disse...

isso não justifica nada, a mente de uma criança é facilmente manipulada por ainda estar em desenvolvimento. Pedofilia ao meu ver são com crianças abaixo de 12 anos pois são facilmente enganadas, por isso cabe as autoridades proteger tais crianças e combater com todas as formas a pedofilia, não importa se é consentido ou não é crime.Vivemos no séc.21 não na pré-história.

Anônimo disse...

Bem não posso dizer que concordo com tudo o que esta escrito, mas a ideia esta muito bem argumentada, o problema na ideia de pedofilia e que não e questionado é o fato de so mostrarem casos de estrupos e casos com bebe, não sou pedofilo apesar do site disser isso ^.^
Defendo 98,7% dos tipos de sexo afinal se causa prazer e não machuca ninguem não e errado.

Postar um comentário

  ©Movimento Cultural Splatter - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo