ShareThis

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

O Sagüi Fala: Fanatismo em Tatooine

Uma saga que dura várias décadas, incontáveis vidas perdidas, um império nasce e morre, no centro de toda a ação estão pessoas próximas uma das outras pelo sangue e pela força. Sim, muitas pessoas falaram sobre Star Wars, mas eu achei incrível que tanto tempo se passou jogando a culpa nas pessoas erradas, nas próximas linhas eu explicarei porque Darth Vader, Bobba Fett e até mesmo Palpatine foram meros bodes expiatórios, e em alguns casos vitimas dos verdadeiros senhores cruéis do destino de Star Wars, os verdadeiros vilões e senhores da Guerra, Yoda, Qui Gon Jin e Obi Wan Kenobi!

Falemos primeiro de Qui Gon, já que é o que menos aparece. Imagine você, um membro de uma ordem religiosa que prega a paz e com regras bastante óbvias sobre certo ou errado( um passo em falso pro lado negro e de repente você fica com a cara toda corroída ). Mas no episódio 1, o nosso querido Qui Gon usa seus poderes de controlar mentes(nada perturbador por acaso) para passar um calote, sério, vai lá e olha de novo, toda vez que se fala em dinheiro o Qui Gon levanta a mão mais rápido que um neo nazista míope perto de um poster de Charles Chaplin.

(Não, essa moeda de ouro não é sua, e nem essa carteira no seu bolso)

Além de usar seus poderes de maneira no mínimo repreensíveis ele encontra o jovem Skywalker pai, ele leva a criança pra Yoda que imediatamente diz que é uma péssima ideia treinar o garoto e que seria melhor matar ele e devorar sua alma ali mesmo( não lembro se foi com essas palavras, eu geralmente só vejo a corrida e a luta com o Darth Maul), e o que que o nosso Jedi meliante faz? Ele diz que vai treinar o garoto e que se o Yoda se meter nos assuntos dele de novo ele iria bater tanto naquela cabeça verde que ele ia começar a falar direito( outra vez, se não foi na corrida ou na luta eu não lembro). Qui Gon tenta passar a perna em pequenos comerciantes, ignora a ordem dos seus superiores e é causa indireta da morte de quase toda a ordem dos Jedi, ficha pequena em comparação aos outros dois.


Obi Wan tem que ser o próximo, discípulo de Qui Gon até nos mínimos detalhes, no episódio 4 ele usa seus poderes para controlar mentes inocentes( ei , aqueles stormtroopers falharam em encontrar eles, e todos sabemos o que acontece se você é um soldado do império em uma missão pro Darth vader e você falha, seria mais humano matar eles logo), certamente usou pra convencer Han Solo a levar eles por aí( Oi eu sou um velho ermitão e estou com esse adolescente filho de fazendeiros que moram em um deserto, mais é claro que podemos pagar os seus serviços, não cola), assim que chegou na estrela da morte ele pegou a primeira chance de escapar( claro que foi morrendo, mais uma fuga é uma fuga), no episódio 4 o seu mal ainda está velado só mais tarde que ele se revela por completo. Ele fica o tempo todo culpando a morte do pai do Luke no Darth Vader e diz que tentou salvar o pai dele, quando todos nós sabemos pelos episódios 1, 2 e 3 que Obi Wan arrancou todos os membros não prostéticos do jovem Anakin roubou seu sabre de luz e só foi embora depois que deixou ele queimando vivo( poucas pessoas tem a mesma definição de salvar), e assim que foi embora ele garantiu que nenhum dos filhos do Anakin nem mesmo se conhecesse, que odiassem o próprio pai e ele provavelmente matou a mãe deles( morreu de coração partido uma ova, toma é força no útero que eu sei seu Obi Wan).

(Obi Wan em idade avançada

Sem contar que ele treinou a porcaria do Darth Vader e é um dos grandes responsáveis pela transformação de Vettel do espaço para Dexter do espaço. Porem o Obi Wan teve sim um breve momento de quase bondade, ele no episódio 2 fez um traficante de Death sticks mudar o seu caminho, claro que ele era um traficante e provavelmente foi morto por isso, e Obi wan só fez porque não tinha nada melhor pra fazer, sério, vê a cena outra vez, eu te garanto que se o mesmo traficante aparecesse pra ele um ano depois convertido para uma testemunha da Força ele nem ia lembrar do camarada.


Agora falaremos daquele que realmente tem que ser o antro do mal no universo Star Wars, Yoda! Pensa comigo, ele treinou o Conde Dookan, conhecido como o cara que começou o fim da republica, que arrancou um braço do Anakin, e basicamente começou o problema todo.

( Sim nós estamos tão chocados quanto você conde....bem, talvez nem tanto quanto você)


Depois Yoda treina Qui Gon, como eu já citei um ser humano de má índole. Ele aceitou que o Qui Gon treinasse o Anakin eventualmente, treinou um pouco o garoto ele mesmo(mesmo com o anakin beirando o abismo esse super jedi não conseguiu fazer nada, nada, claro que não, ele queria ver o circo pegar fogo), treinou depois o Luke, mas só depois que o Obi Wan encheu o saco( ensinar a usar superpoderes para jovens adultos com problemas paternos gravíssimos e ódio pela autoridade nunca é uma boa ideia, afinal acho que nesse ponto eles deveriam se lembrar de pelo menos um exemplo disso).

(Olha! Uma criança traumatizada, vamos dar poderes pra ele!)

Mas o fator mais importante pra fazer do Yoda o ser mais mal da galáxia é um só, Palpatine. Yoda treinou com cara que liderou o império, o cara que massacrou os Jedi, que usou a estrela da morte para aterrorizar a galáxia, o cara que criou o Vader, o cara tão mal que só um outro cara mal pode matar ele, tudo isso ele aprendeu com o mal supremo, o senhor do lado escuro, Yoda. Ele ficou sorrateiro durante toda a saga, a galáxia estava bem, então ele deixou treinar um muleque que ia estragar tudo, depois treinou o filho do cara só pra voltar a ter briga e ele ter algo pra se divertir de novo, o único motivo pelo qual Star Wars acaba no episódio 6 é que Yoda finalmente morre, e agora a galáxia tem uma chance de paz.

(Essa imagem não faz sentido, o simbolo do batman está errado)


Agora vocês sabem a verdade, um monte de fanáticos religiosos entram em guerra contra um império que eles julgam ser do mal mas que com certeza tem a mesma visão deles, sacrificam muitos dos seus heróis, destroem um grande símbolo de poder deste império e criam uma tremenda desordem e grande medo e desconforto pela galáxia, todos liderados por um camarada que fica o dia inteiro sentado em uma caverna e recrutando mais fanáticos, aonde será que eu vi isto antes?




Continue lendo >>

terça-feira, 20 de julho de 2010

O Sagüi relembra: Tartarugas Ninjas




Voltamos com o segundo Sagüi relembra, no qual eu me esforço ao máximo pra estragar a sua infância apontando absurdos em tudo que gostávamos naquela época.

Esse desenho era uma das melhores coisas que me aconteceu na minha infância, ele tinha ação, criaturas bizarras, comédia e ninjas, cara, muitos ninjas. Eu não perdia um episódio sequer, nada como tartarugas antropomórficas espancando robôs/porcos antropomórficos/ninjas cara! Aquilo sim era televisão de verdade, mas ao decorrer dos anos eu fui notando que esse programa era um dos mais perturbadores de todos os que eu via (e olha que tem uns bem sinistros), e esta na hora de alguém falar sobre isso.


(Heróis)

Primeiro ponto de bizarrice, o titulo, o nome do programa em português é Tartarugas Ninja, um titulo por si só esquisito, afinal, que animal tem características mais distantes dos ninjas do que as tartarugas, até o mestre Splinter faz mais sentido, pelo menos ratos são ágeis, agora tartarugas são lentas meio burras e se caírem de costas não conseguem se levantar direito, aonde o titulo pega em baixo mesmo é a versão em inglês “Teenage Mutat Ninja Turtles”, literalmente “Tartarugas Mutantes Ninjas Adolescentes”, agora me diga se isso não é a maior junção de palavras desconexas do mundo, eu tenho certeza que a reunião pra decidir o nome foi mais ou menos assim:



CHEFE: Precisamos de um novo programa, algo para o publico adolescente, algo cheio de atitude, seja lá o que for isso.


IDÉIA ORIGINAL: Eu tenho uma idéia, é sobre um grupo de ninjas que luta contra o crime.


CHEFE: Bom, mas está muito seco.


Que tal se os ninjas forem adolescentes, que nem o publico, assim eles aceitam melhor os personagens.


CHEFE: Bom, muito bom, mas falta algo.


IDÉIA ORIGINAL: Não faz muito sentido, ninjas precisam de mais tempo que logo depois da puberdade pra treinar.


E se eles forem meio animais ou algo assim.


CHEFE: Ótimo, alguém pense em um animal que lembre ninjas.


IDÉIA ORIGINAL: Tudo bem já que vão me ignorar, que tal raposa ou gatos ou morcegos talvez?


Eu gosto de tartarugas.


(Porque eu abri a boca!)


CHEFE: Maravilha, todas as crianças amam tartarugas elas tem atitude, mas eu acho que algo está faltando.


IDÉIA ORIGINAL: Sério, tartarugas, vocês estão brincando comigo, porque não fazem elas robôs então, ou gigantes ou mutantes sei lá!


CHEFE: Tartarugas robôs gigantes mutantes ninja adolescentes! Isso é genial. Mas é muita coisa, eu acho que da pra tirar uns dois programas daí.


Que tal, Tartarugas mutantes ninja adolescentes!


CHEFE: Perfeito, a gente usa o resto dos adjetivos pra fazer outra série.


IDÉIA ORIGINAL: Eu me demito.






Mas que nome doente, sério, se você ouvisse esse nome hoje em dia você ia mudar de canal nem sem olhar pra tela, a sorte desse programa é que os anos oitenta e noventa eram uma época diferente, uma época mais, bizarra, o que nos leva ao próximo ponto, os personagens.


Primeiro, os nossos heróis, um rato japonês mutante, junta um grupo de tartarugas mutantes, os ensina a lutar, da a cada um o nome de um grande artista renascentista e começa uma guerra pelas ruas de Nova York(e pelo tempo, mas eu falo disso depois). Um rato gigante, cara, ele nem é que nem o Mickey ou o Jerry, ele não é bonitinho ele é um rato de esgoto, daqueles bem sujos, quem teve a idéia de que este ser seria um sábio e venerável mestre, mas ele tem uma coisa de bom, ele é um rato, criaturas especialistas em se esconder, são rápidos, e matam silenciosamente(até as manchas pretas na sua pele surgirem o rato já vazou faz tempo), ele é o que aconteceria se o Yoda caísse no lixo e achasse legal, e como Yoda ele tem discípulos idiotas, só que os do mestre Splinter são particularmente esquisitos.

( Assim, só que menos adoravél)


(Mestre Splinter demonstrando que realmente é um bom ninja)


O Líder: Leonardo, seu nome veio de Leonardo da Vinci, usa uma mascara azul e duas katanas. Eu francamente desconfiaria das habilidades de Leonardo em liderar qualquer coisa, ele luta desde sempre contra o mesmo grupo de inimigos, eles são ninjas, porque eles não conseguiram matar ninguém até agora, porque ele não matou a April quando ela descobriu a casa deles nos esgotos e falou deles várias vezes na televisão, vocês são ninjas a April é exatamente o tipo de pessoa que vocês deveriam matar para se manter em segredo, como ninjas!


O Nerd: Donatello, seu nome vem de Donatello di Niccolò, usa uma mascara roxa e um Bo (bastão). Ele é o cara da ciência das tartarugas, maquinas do tempo, armas laser, seja o que for o Donatello sabe mexer, o que leva a pergunta, porque todos os inimigos das tartarugas ainda estão vivos, sério, porque não invadir a base do Krang, matar ele e usar todos os brinquedos dele(que incluem portais interdimenssionais e maquinas do tempo) para acabar com o resto, droga Donatello você podia voltar no tempo e acabar com todos os inimigos antes mesmo de ele chegarem na puberdade.


O Sociopata: Raphael, seu nome vem de Raffaello Sanzio, mascara vermelha e dois Sais(os garfo). Raphael é o mais perto de um ninja de verdade, ele passa metade dos episódios tentando convencer os outros que eles deviam matar logo do Destruidor, se ele não fosse mais barulhento que uma gaita de foles feita de vuvuzelas ele seria o mais próximo do conceito de um ninja.


O Idiota: Michelangelo, seu nome veio de um artista que provavelmente fedia mais que a tartaruga que morava no esgoto, usa uma mascara laranja e Nunchakus. Cara, eu sempre odiei o Michelangelo, toda vez que ele falava Cowabunga eu queria que o Leonardo pensasse no bem do time e o decapitasse. O Michelangelo ficava sentado na frente da TV, comia pizza, falava idiotices e andava de skate, o tipo de atividade que o Michelangelo de verdade provavelmente faria se ele vivesse nos anos noventa (principalmente a parte de morar no esgoto). Esse é o maior peso morto de todos, vamos fazer um exercício, tente se lembrar da série, ou dos filmes, agora tente lembrar o Michelangelo fazendo algo para ajudar as outras tartarugas (concertar um erro dele não conta), vai lá, tenta, eu desafio você.


Esses são os protagonistas, a coisa piora nos coadjuvantes, April O’Neil é uma repórter que já desafiou a morte mais que Lois Lane, e provavelmente está transando com uma (ou mais) tartaruga, Casey Jones é o único humano do bem e consegue perder a única fêmea da série para um monte de criaturas mutantes, vergonhoso.


Os vilões são um show aparte, um milhão para quem conseguir descobrir qual diabos é o motivo de existência dos vilões dessa série, sério, alguém se lembra qual é o objetivo deles, e se for dominar o mundo como alguém com essa ambição pode perder para quatro tartarugas e continuar nessa idéia. O Destruidor é o mais clássico, ele espanca as tartarugas no desenho e nos filmes, senão fosse aquele rato gigante ele teria vencido á tempos, ele insiste em voltar, sempre com um plano idiota para acabar com as tartarugas, droga, será que o senhor Oroku Saki(sim, eu lembrei esse nome de cabeça) não tem mais o que fazer, porque não por Nova York de lado e tentar alguma outra parte do país, uma com menos mutantes . E qual é a do Bebop e Rockstedy, droga vocês são mutantes também só que de animais bem mais fortes, são quatro tartarugas, pelo menos vençam uma vez, pisem nelas, usem o chifres, as presas, e vocês sempre estão armados, como diabos vocês perdem para toda as malditas vezes, eu o destruidor tinha matado os dois e feito novos mutantes!

( Eu o chamaria de Carlos, na idéia de que o nome normal é que da o poder)


Krang é algo especial, será que existe uma mente perturbada o suficiente para criar um vilão mais bizarro que ele, sério ele é um cérebro que anda na barriga de um robô ciclope e tem uma base que é uma bola gigante com um olho em cima, céus, é como se o coringa tivesse dado essa idéia.

(Procastinação: Salvando Nova York desde 1980 e uns quebrados)



Alem do que, a voz da dublagem do Krang é um show por si só, ele é o vilão mais insistente depois do destruidor, e até aonde eu sei ele não tem nenhum motivo especifico pra ficar trombando nas tartarugas, ele veio de outra dimensão pra invadir a nossa, por que esse idiota não tenta outro lugar, porque não outro país, ou planeta, ele não consegue vencer um grupo de aberrações dos esgotos do Brooklin, ele acha realmente que tem chance de vencer outros protetores de Nova York( Homem-aranha, Batman dos anos trinta, Crocodilo Dundee, Jack Bauer na ultima temporada, os caça fantasmas) quanto menos a dimensão toda.


(Exemplo de pessoa que poderia vencer as tartarugas)



Eu já to ficando esgotado, mas tem uma coisa que eu tenho que falar, viagens no tempo.


Do jogo de videogame ao terceiro filme, as tartarugas sempre dão um jeito de viajar no tempo, metade da fortuna de Tony Montana foi feita cobrindo as reuniões dos roteiristas dessa série. E mais uma vez, porque Deus, nenhuma das pessoas com máquinas do tempo volta no tempo e mata os seus inimigos de uma vez, ou investe na Google, sei lá, qualquer coisa que não seja procurar por pizza no Japão medieval.


Cara tem coisa demais sobre esse programa,eu cansei já, mas eu vou falar alguns pontos que eu não toquei porque minha mente não agüenta mais.


Porque cargas d’água as tartarugas usam mascaras, quantas outras tartarugas mutantes adolescentes andam por aí pra que as mascaras façam diferença, que diabo de ninja é verde e usa outra cor chamativa e em que cenário as tartarugas passariam despercebidos vestidos assim (sim eu sei que elas são verdes naturalmente, mas eles podiam por uma roupa sei lá), porque metades das tartarugas usam armas cortantes e ninguém morreu até agora, porque a policia não tentou prender ninguém desse desenho (mutantes, repórteres associadas com mutantes, vigilantes, criminosos internacionais, cérebros interdimenssionais), qual é o orçamento do Destruidor (ele tem milhões de soldadinhos baixos e ta sempre com um advento tecnológico absurdo), o que diabos é a Dimensão X e porque tem gente de lá tentando invadir a nossa dimensão, quem foi a pessoa que criou o Krang, quanto tempo leva pra adolescência de um tartaruga ninja acabar, será que ninguém fica preocupado com um produto que causa mutações tão violentas sendo liberadas no meio ambiente( imagina se aquele ooze vai pro oceano, algo bem plausível já que as tartarugas estavam no esgoto quando foram atingidas), porque tinham quatro tartarugas no esgoto,porque ninguém fica bolado por muito tempo sobre as tartarugas(imagina uma aparecendo pra você do nado e pedindo um pedaço da sua pizza, eu saía correndo e me internava em um sanatório) porque quando eu era criança nada disso passou pela minha cabeça?!!


(Donatello depois dos sessenta)



É isso aí povo, eu cansei desse troço, na próxima tem algo que faz tanto sentido quanto as tartarugas, Transformers, e espere que um dia,talvez esse mês mas eu não prometo nada, sai as primeiras partes dos trabalhos do Sagüi, um dia.


O motivo pelos trabalhos estarem demorando é porque eu resolvi fazer algo mais trabalhado em relação à eles, então eles provavelmente viram em formato de foto novela ou algo assim, paciência que eu nem toquei na superficie da loucura que eu posso trazer ao mundo através das palavras.

Continue lendo >>

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Gente Escrota II : Família Restart

Sério, o mundo está apodrecendo.


Pare de pensar que somos pessoas que não gostamos de mudanças ou que não aceitamos as diferenças. Tudo estaria legal se surgisse um movimento cultural ousado e rebelde, como nas décadas de 60 - 70 quando, cá entre nós, surgiram as músicas mais bacanas em todos os estilos.

Hoje, o que acontece com os jovens é isso:





Putz.

Acho que os pais dessas crianças devem ter levado muito esporro da familia pq fazia coisa imbecil e dá liberdade demais pros filhos virarem um lixo total.

Isso dispensa mais comentários pois está tudo bem explicadinho pelo nosso profeta urbano



Restart suas vidas, imbecis!


Continue lendo >>

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Gente Escrota: Boiolagem de Modinha

Pra não dizer que o Splatter que é louco, preconceitusoso e fudido. Esse vídeo desse jovem sábio urbano representa bem nossas opiniões e aflições. Até o linguajar é apropriado.




Só mais uma prova de que precisamos urgentemente reforçar o Movimento Hétero, já que nossos direitos estão sendo esculachados.

Para ver o perfir do youtube do nosso sábio urbano é só clicar aqui

Continue lendo >>

sexta-feira, 23 de abril de 2010

O Novo Justin

Aqui no blog do movimento cultural Splatter já apresentamos a vocês inúmeras vezes bandas e cantores populares e de qualidade, assim, deixando-os antenados com os últimos hits do momento. Assim como aconteceu com Bonde da Stronda, Cine, Restart e outros. Agora é a vez de anunciar o novo Justin.

Não! Não estamos falando do Justin Timberlake ou mesmo do Justin Timberland. Estamos falando do sucessor de Jonas Brothers e Hannah Montana. Com apenas 16 anos: Justin Bieber.


Justin Bieber é o mais novo sucesso canadense, começou postando suas músicas (versões de Timberlake e Usher) no youtube. Seu incrível talento despertou a atenção de famosos (inclusive Timberlake e Usher), ele, então foi chamado para gravar suas próprias músicas, em pouco tempo conseguiu fama internacional.
Sua música, o hip-hop. Seu estilo, o gatinho que parece mais novo do que realmente é. Capa das últimas revistas Capricho e Atrevidinha, e sem dúvida assunto principal em quase todas as matérias dessas revistas. Seu público é muito grande, mas é constituído principalmente por pré-adolescentes e pedófilos (que insistem em tentar provar a homo-sexualidade dele para conseguir alguma coisa).
Sobre sua sexualidade, ao contrário dos Jonas Brothers, ele afirma gostar bastante de garotas. Como em seu post no twitter logo após sair do Japão em sua turnê:">ok. Just arrived and I like Australia. I like the weather, the accents, the girls, the water, the excitement, the girls, and the girls"
Seria isso uma fachada para conseguir a atenção do público pré-adolescente que compra Capricho? Ou seria ele um Stronda canadense?

Pedófilos e zoófilos estão de olho, mas Deus não gosta deles.

Sobre sua participação na tv e no cinema, a Disney planeja um versão de Hannah Montana masculina estrelando ele(fonte). Ele também já se apresentou no Saturday Night Live. Além disso, ele planeja gravar um filme autobiográfico com todos os seus 16 anos de vida e 3 anos de carreira(fonte).
Será que seu sucesso sobreviverá a puberdade, ou será que sua sina será a mesma de outros jovens famosos como os Hanson, Macaulay Culkin, Júnior (o Sandy e Júnior) e Jordy?
Só o tempo dirá!


Moral da História: Infelizmente a estupidez domina o nosso mundo, sempre dominou acredito eu, mas um dia já foi considerado vergonha admiti-lá.

Continue lendo >>

terça-feira, 6 de abril de 2010

Lucy in the Sky

O dia 5 de abril não era pra ser um dia triste. Provavelmente estaríamos fazendo alguma festa simples, uma invasão à casa do nosso amigo Luciano mesmo, com muita risada, muita diversão. Ou então ele, Luci, sairia para uma trip filosófica do nada, sem explicação.

Luciano era um cara engraçado, divertido, totalmente sociável. Não havia uma alma viva nesse mundo que fosse capaz de cometer um ato de hostilidade para com esse rapaz. Bom, uma alma foi capaz. E foi o suficiente para tirar do mundo uma das pessoas que mais marcaram a minha vida.

Luci, esteja onde estiver, a familia Splatter andará contigo.

retirado do blog do Marcus (Quentin)

Continue lendo >>

sábado, 3 de abril de 2010

Coelhinho Bossa-Nova

Primeiro, não tenho orgulho nenhum em admitr que é uma grande responsabilidade e um cagaço tremendo escrever qualquer coisa depois do nosso messias Sagüi, mas como ele está ocupado salvando a Terra nesse momento, cale a boki e não reclame. Pensa bem, poderia ser pior... Você poderia estar lendo o G1 agora e sabendo que um filme sobre romance gay entre judeus ortodoxos estreia em SP (sim, essa notícia realmente existe, eu acabei de ler e fiquei perpreto)!

Não, esse não é o filme, mas esse vídeo é engraçado pra caralho hehehehe

Bem, seguindo a linha cultural-escrotizante do post sobre Carnaval, titio D´Agostino vai contar para vocês toda a história de paixão por trás da Páscoa. Não aquele papinho de crucificação com Thiago Lacerda barbudo fazendo o papel de Jesus Roboto e Susana Vieira "interpretando" a virgem (?) Maria, mas o verdadeiro behind the scenes desse feriado que tem tanto peixe e chocolate!
E não poderíamos começar sem primeiro contar a história dEle, que é cultuado há milênios e até hoje continua presente em nossa cultura fazendo milagres por onde passa... Que mané Jesus o quê, tou falando do xocoatl, a água amarga: O chocolate. Inventado pelos maias por volta do ano 400 depois de Cristo, no início o chocolate era uma bebida amarga feita de cacau e água, daí o nome xococ + atl = Água Amarga.

Dinastia Parangoleira do chocolate em seus tempos áureos

Foi só em 1502, na chegada de Cristovão Colombo às praias astecas, que os europeus provaram do cacau das indiazinhas e o levaram para a corte da Espanha. De lá, o chocolate foi zuado por tudo quanto é tipo de eurobreu até chegar na mão dos franceses (sempre eles!), que se aproveitaram de uma tradição já existente na cultura cristã, que por sua vez havia sido roubada das culturas grega e egípcia... Simples, pintar ovos de galinha como sinal de renascimento e fertilidade. O que os frescos dos franceses fizeram foi esvaziar esses ovinhos coloridos e preencher com chocolate, uma viadagem que deu certo até hoje.

Merovingian, criador do orgasmo redondo ou, em outras palavras, "ovos de páscoa"

Quanto aos peixes e essas outras paradas, isso tudo advém de uma mistureba foda (sincretismo religioso, para os politicamente corretos)... Tudo começou há um tempo atrás na ilha do Sol, quando Charlton Heston e os judeus fugiram do Egito pelo Mar Vermelho, e assim começou a rave mais longa de todos os tempos. Juntando a celebração pela zuada nos egípcios com a celebração pela ressureição de Cristo, o bloco judaico-cristão já tinha de tudo pra bombar nas micaretas do Oriente Médio, mas não era só isso!

Páscoas e páscoas foram se passando e vários outros elementos foram se juntando ao pout-pourri do coelho, mas, por que diabos o coelho? Não sei se vocês sabem, mas a Igreja Católica aniquilou alguns povos bárbaros durante a baixa Idade Média e se apossou de suas culturas. Pois bem, uma dessas culturas pagãs envolvia uma tal deusa Eostre (Easter, alguém?), cujas sacerdotisas provavelmente gostosas e lésbicas liam o futuro nas entranhas de lebres sacrificadas.

Coelhinho da Páscoa, o que trazes para mim...

Mas, afinal, e os peixes uai?

Até mais, e obrigado pelos peixes!

Sacerdotisas gostosas e lésbicas

Continue lendo >>

quinta-feira, 25 de março de 2010

O Sagüi Relembra: Pokémon

AH... os desenhos. Que criança nunca sentou por horas afinco em frente a uma televisão vendo mundos impossíveis e personagens cativantes, mas, como vocês sabem, eu sou o Sagüi e se eu não estou reclamando/criticando/me revoltando, então eu não estou fazendo o meu trabalho.

Eu gostaria de trazer à vocês algumas coisas interessantes e peculiares que ao longo dos anos eu sempre me perguntei, as minhas teorias em torno de alguns desenhos tão queridos, eu resolvi começar então com um dos mais clássicos de todos, o único anime que quase todo mundo que era criança no final dos anos noventa assistiu: Pokémon.

Pokémon, criaturas fofinhas com poderes incríveis sendo guiados por crianças sem supervisão dos pais, era como um sonho, mas depois de uns anos eu percebi que é possivelmente um dos mundos mais aterradores dos desenhos infantis, vamos começar pela estória.

Ash Ketchum, um jovem de 10 anos de idade começa a sua jornada pelo mundo, ele recebe um Pokémon, e parte em busca de insígnias que só ganhará enfrentando os vários ginásios espalhados pelo continente, ele parte então sozinho, excluindo é claro os seus companheiros Pokémon.

Logo de cara a estória já é perturbadora, primeiro, por que diabos a senhora Ketchum concordou em deixar o seu filho pré-adolescente sair sozinho pelo mundo? Ele tem só dez anos, ele era pra ir pra quinta série, será que ele é uma criança prodígio que já completou os estudos tão cedo? Mesmo se for, como pode se esperar que ele tenha maturidade pra sair em uma jornada assim, e mesmo se tiver, ele ainda é uma criança de 10 anos. Por que ninguém manda uma espécie de supervisor ou sei lá com ele? A mãe do Ash nem trabalha! Por que ela não vai com ele só de garantia? Por que diabos ninguém ligou pra polícia e denunciou essa mulher por maus tratos? O garoto realmente deve estar mais seguro nas florestas do que com uma mãe dessas.


É aí que a estória piora. Ash, uma criança de dez anos, sai de casa, mas ele não está indefeso, porque agora ele tem um rato que obedece a seus comandos, um rato que é capaz de fazer raios caírem quando ele quiser. Imagine você andando na rua, de repente uma criança se aproxima e exige seu dinheiro, você empurra a criança de lado e segue (feliz de ter finalmente ganhado uma briga), então ele lança uma bola a sua frente e uma criatura sai de dentro e você é atingido por um raio/labareda/folhas cortantes/jatos de água em altíssimas pressões. Você está no chão depois de sofrer um ataque cardíaco/queimaduras de terceiro grau/corte na jugular/ pulmão afundado, a criança pega a sua carteira e sai sorridente. Esse tipo de coisa deveria acontecer a todo o momento pra qualquer mané pego na rua sem um Pokémon, é como se as armas fossem legalizadas para todas as pessoas não importa a idade e elas fossem de graça.


E um adendo: o primeiro Pokémon do Ash é dado pelo professor carvalho, um dito especialista em Pokémon, mas assim que ele entrega a criatura para Ash, ele o manda sair pelo mundo e fazer o seu trabalho (ele manda jovens pra possível morte há anos dessa maneira) de catalogar os Pokémon, e quando você fala com ele no jogo ele te da provas irrefutáveis de que sofre de Alzheimer, ele não sabe o seu nome, não sabe o nome do neto e nem o sexo de nenhum dos dois, mesmo estando conversando com a pessoa, ele obviamente está instável . O fato de essa pessoa ficar mandando jovens armados com monstros pelo continente é assustador.



A coisa ainda vai piorar, pouco depois de sair da sua cidade natal Ash encontra uma garota, os dois passam a andar juntos pelo continente. Mais tarde outro garoto se junta aos dois, obviamente Misty , com 12 anos, e Brock, com 14 (sim eu lembro, você não deveria estar me julgando afinal você ta se dando ao trabalho de ler isso). Eis outro ponto perturbador, um garoto de 10 e uma garota de 12 andando juntos talvez não desse em nada por um tempo, mas quando entra um garoto de 14 que é famoso por dar em cima de todas as mulheres em volta, aí o bicho pega. Sem supervisão, por meses andando pelo mato com apenas uns aos outros como companhia, é claro que rolou alguma coisa nos bastidores que ninguém fala, o pior é que eu nem sei se foi um dos dois com a Misty, tudo aponta pra ser um com o outro, pense bem, o Brock é depois do Ash o personagem que mais aparece na série, ele só ficou uma temporada fora (pare de me julgar), a Misty saiu tem um bom tempo e só volta de vez em quando, o Brock cozinha pro Ash, lava as roupas, alimenta os Pokémon, é o melhor amigo, se esses dois não estão juntos eles pelo menos já estiveram em um ou mais ménages juntos, eles realmente caíram de cabeça no “Bros before Hos”


Assim, só que menores de idade e pelados


E finalmente chegamos aos “vilões”. A equipe Rocket caça o garoto há anos e até agora nada. Por que esses manés não se aproximaram quando todo mundo tava dormindo e roubaram as pokebolas logo ? Ou por que não simplesmente botaram espetos no fundo das armadilhas ? Assim Ash e sua turma iam pro saco e as pokebolas ficavam intactas. E por que o Ash não para de ficar achando graça desses manés ? Ele deveria ter arrumado uma arma na segunda temporada, atirado na cara do James, vendido o Meowth (um Pokémon falante ia dar uma boa grana) e mantido a Jesse como escrava sexual, pronto! Sem mais lema idiota, sem perder tempo enfrentando os mesmos caras todas as vezes, e não ia precisar mas de ficar trocando isqueiro com Brock.


Uma ultima coisa, todo mundo sempre se perguntou o que aconteceu com os animais normais no mundo de Pokémon, em alguns episódios alguns aparecem (peixes e pássaros até onde eu me lembre). Uns dizem que os Pokémon são os animais normais daquele mundo, mas eu tenho uma teoria, a seleção natural aconteceu com os outros animais. Imagine um urso pardo, ele é um dos animais mais fortes de todos, ele massacraria qualquer humano. Agora imagine ele andando em uma floresta quando um Scyther surge e ambos começam a se enfrentar por comida, quem vence? O urso ou o inseto gigante com espadas nas mãos? Que tal um tigre contra um Pikachu (um rato,cara)? Depois de sofrer uma parada cardíaca o tigre ia tirar outro bicho da sua dieta, e olha que são exemplos bem longe um dos outros. Imagine que chance uma minhoca teria contra um Digglet, ou um peixe em um mar com Gyarados pra todos os lados, que pássaro ia enfrentar um Pidgeot, nenhum, sem contar os Charmanders e Electabuzzes da vida que iam matar tudo que não pudesse se defender. A seleção natural apenas seguiu o seu óbvio curso e os outros animais foram extintos, como a raça humana ainda existe? Isso é que é incrível! Porque contra a maioria dos Pokémon da pra usar tecnologia, mas e quanto aos Kadabras da vida? Um bicho com poderes psíquicos, maluco! Os humanos com Pokémon ao seu lado são tão sinistros que são a espécie dominante, sem usar nenhum tipo de arma, e ainda ousam mais, capturando os bichos e usando para sua própria diversão.


Versão realista de Pokemon


Tem mais coisas, Por que ninguém troca de roupa? Por que nunca temos as estatísticas de quantas crianças que começaram sua jornada Pokémon foram mortas ou molestadas ou estão desaparecidas? Ou estatísticas falando da quantidade de pessoas foram mortas por Pokémon no ano? Por que a sociedade protetora de Pokémon não faz nada para impedir as rinhas que ocorrem a todo o momento? (se alguém botasse um boi pra enfrentar uma tartaruga no mundo real essa pessoa ia ser presa em dois segundos) Por que ninguém tenta prender a equipe Rocket sendo que eles são criminosos internacionais? Por que ninguém fala sobre o fato de apenas uma pessoa ser enfermeira e uma ser policial, e sobre o fato de que nem a morte impede um Pokémon que simplesmente voltar como Pokémon fantasma e geralmente é mais forte do que a forma anterior? (um Ratatta virando Hunter deveria fazer muitos treinadores iniciantes pelo menos cogitarem colocar veneno na comida dos seus Pokémon mais inúteis). O fato de essas criaturas evoluírem rapidamente não assusta as pessoas pelo motivo de que logo, logo algum Pokémon vai evoluir ao ponto de superar os humanos? Será que os Pokémon psíquicos secretamente controlam o mundo?


Tantas perguntas, tantos problemas, o mundo de Pokémon à primeira vista é um mundo bem legal, mas a verdade é bem mais assustadora.


O único Ash capaz de sobreviver no mundo de Pokemon



Aqui foi o Sagüi fazendo o máximo pra estragar o máximo de aspectos da sua infância de uma vez. Um bom dia, e, se vocês acham que isso não foi o suficiente para matar um pouco da sua infância então não perca o próximo O Sagüi Relembra, Tartarugas Ninja.

Continue lendo >>

domingo, 21 de março de 2010

O Sagüi, O Universo e Nada Mais...


Espaço: a fronteira final.
Diário do Sagüi. Data estelar: um bom tempo desde que o planeta foi destruído por asteróides.

Eu estou vagando no espaço há alguns meses. Ou anos. A solidão é tamanha que eu não sei mais, e eu to sem relógio, e eu nunca aprendi a contar tempo muito bem, e sempre achei que o tempo era uma invenção da Rede Globo pra ganhar audiência.

Eu posso te ajudar - Diz uma voz bem máscula, tipo, James Earl Jones, sabe, o Darth Vader, o pai do Simba (a voz deles em inglês seus manes).

Sagui - Esse cara... que voz irada. Eu gostaria de ter uma voz assim, aí eu pod....

Cala a boca e presta atenção! - Diz James Earl Jones.

Sagüi, você está flutuando pelo espaço porque você condenou o seu próprio planeta, o seu povo, à destruição. Parte por pura burrice, parte por loucura e sadismo, mas eu acho que esse tempo sozinho já o ajudou a ter uma perspectiva diferente.

E por que eu não morri ó Darth Mufasa?!

Porque ninguém quer você! Satã está no fundo do inferno tentou arrumar alguma maneira de impedir que você consiga entrar lá. Deus desapareceu depois que a Terra foi destruída, ele disse que ia pra outro universo porque era muito perigoso ficar nesse.

Faz sentido, cara da CNN.

Não sou James Earl Jones, seu idiota. Não percebeu que minha voz vem do sol?

Presumi que fosse sua forma verdadeira.

Eu vou ignorar isso. Sou Hélio, eu sou o Sol, uma divindade antiga. Há muito tempo deixei de ter importância, mas graças ao buraco gigante na ordem universal que você causou eu tive que voltar.


é nui zuando tudo nos tempos dourados!

Como assim?

Os deuses ganham poder através das pessoas que os louvam. Quanto mais pessoas louvando, mais forte é a entidade. Há muito tempo eu era bem poderoso. Deus se tornou o mais poderoso há alguns milênios, mas como você matou todos os seguidores dele...

acho que ele se refere a todo mundo no planeta

É claro que eu me refiro à raça humana! Estou vendo que isso vai ser mais difícil do que eu pensava. O que importa é que eu posso trazer tudo de volta.

Não faz isso! Você vai trazer Lady Gaga, Black Eyed Peas, o Brasil, filas, e insetos de volta! Tudo isso mereceu ser destruído!

shut, shut, shut, shut up, shut up! Forever!

Acho, no mínimo, perturbador que a única coisa no universo que te afeta seja insetos, sério, a fúria de Deus e Satã nem te fizeram pestanejar. O fato de você estar vagando pelo espaço há meses mal passou por sua cabeça, mas a imagem de um grilo te faz pular.

Eles são tão feio e esquisitos e pulam e voam e entram no seu nariz quando você dorme! Yuck!

Estamos conversando há 3 minutos e eu já estou assustado. Incrível! É por isso que você será perfeito pra trazer a Terra de volta.

Não vou fazer isso.

Por que não?

Tem razão, eu já to meio entediado. E como eu vou entregar as ultimas entrevistas se o planeta não está lá? Você me convenceu, cara cego daquele filme das crianças que jogam baseball e tem alguma coisa sobre um cachorro assustador.

Isso foi estranhamente fácil, mas não importa. Eu vou trazer a Terra de volta com meus poderes e...

Espera como você vai fazer isso?

Eu tenho poderes pra isso.

Você não disse que precisava de pessoas te louvando pra isso?

Sim, eu tenho você.

Sério, mas eu nem te conhecia.

Conhecia sim, você achava que o sol era um reflexo gigante de você no céu desde criança.

É mesmo, tinha esquecido isso.

E por mais que isso me irrite, depois que você ouviu minha voz começou a me louvar mais porque acha que sou James Earl Jones.

Também é verdade.

Eu vou trazer a Terra de volta, mas ela não vai estar estável. Algumas coisas nela já estavam muito problemáticas, é ai que você entra. Quando eu trouxer a terra de volta, também vou transformar você em meu campeão. Você vai à Terra e vai corrigir as anomalias e consertar a terra de vez.

Legal, que anomalias?

Você saberá quando for a hora, eu vou mandar um pobre coitado pra ser o elo entre nós.

Então manda brasa, eu estou pronto pra porrar essas anomalias.

...
Nossa. Só... nossa...

Eu vou trazê-la de volta, e vou deixar você no caminho do seu primeiro trabalho, o mensageiro entre nós chegara pouco depois. Boa sorte, Sagüi, o planeta depende de você.

Desculpa, eu parei de ouvir quando você falou algo sobre Deus ter ido embora, você podia falar o resto todo de novo?

Uma explosão sem tamanho acontece, eu caio de cara em um campo no meio do nada. Do nada não, onde eu estava antes era nada, isso é alguma coisa, mas não muita. Acho que James ficou um pouco bravo. Mas não importa agora, eu tenho que salvar o mundo, ou fazer compras, algo assim. Olha, tem mais alguém aqui.

Eu estou vivo, graças a Deus! - Diz ele com alegria


"Estou vivo! Não graças a você, maldito Sagüi!"

Acabei de reconhecer, é o meu editor favorito, Quentin, conhecido por suas piadas ácidas e por fazer pouco da minha gramática, se meu pênis não fosse proporcional a meu talento eu ficaria incomodado (escrevi isso porque eu vou pedir pra ele editar isso e quero ver no que dá).

Nota do editor: Muito boa a analogia do pênis ao talento. Se algum leitor acreditar que no meio de palavras desconexas e, se fosse lido o texto original, com 5% de acertos gramaticais, existe um grande talento, seu pênis pode ser comparado, por esse leitor, a um zepelim gigante escrito Goodyear nele.
Porém, se for levado em consideração que há pessoas que não acreditam neste talento, o seu blimblim deixa de ser algo magnânimo e adquire um tamanho diretamente proporcional ao tamanho da influência do Uruguai no Mercosul.

Deus saiu vazado, foi mais pro sol, eu acho. Mas eu não prestei muita atenção e não posso ter certeza.

O olhar de horror dele quando me nota é mais do que prova de que é ele mesmo.

Você! Seu doente, eu te mando procurar uma entrevista interessante, você entrevista Satã! Sabe quantas vezes me ligaram pedindo numero de contato com ele? O Ozzy tá ligando há três dias! Quando você disse que conseguiria falar com Deus, eu sabia que seria uma péssima idéia! Mas destruir o planeta?! Eu vou te matar!

Não tem como, eu não vou pro céu nem pro inferno. Eu tô preso aqui mesmo. Como você sabe disso tudo a propósito?

Você me ligou pouco antes dos meteoros baterem seu imbecil, lembra? Você ficou gritando fuuuuuu e depois mandou uma mensagem pro meu celular.

Sério, eu não lembro. Você tem ela aí?

Tenho.



Deus não foi muito com minha cara, posso ter condenado a terra sem querer, nada de pornografia, FTL, quer sair pra jogar sinuca depois do fim do mundo?

Lembrei agora.

Espera um pouco, alguma coisa ta acontecendo. Quentin começa a brilhar (gay?vampiro?).

Uau, Hélio acabou de falar comigo. O mundo está se segurando por um fio e você vai salvá-lo. Ele me passou a sua primeira tarefa, a primeira de doze. Céus, vamos logo! A gente vai salvar o mundo, eu acho.

Então vamos, fiel escudeiro.

Não sou seu escudeiro, e tira a mão do meu ombro antes que eu bata em você.

Sabe, você nunca me respondeu sobre a sinuca.

Só vamos... logo.


Não perca, em breve, a primeira parte de doze. O grande épico que você sempre soube que veria aqui nesse blog obscuro, de uma cidade esquecida, de pessoas que não tem porque se achar melhor do que os outros idiotas que os rodeiam. Conseguirão nossos heróis salvarem o planeta que ... toleram!? Sei lá! Por quê? Porque eu ainda não escrevi o resto.


OS DOZE TRABALHOS DO SAGÜI.

Continue lendo >>

  ©Movimento Cultural Splatter - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo