ShareThis

domingo, 21 de março de 2010

O Sagüi, O Universo e Nada Mais...


Espaço: a fronteira final.
Diário do Sagüi. Data estelar: um bom tempo desde que o planeta foi destruído por asteróides.

Eu estou vagando no espaço há alguns meses. Ou anos. A solidão é tamanha que eu não sei mais, e eu to sem relógio, e eu nunca aprendi a contar tempo muito bem, e sempre achei que o tempo era uma invenção da Rede Globo pra ganhar audiência.

Eu posso te ajudar - Diz uma voz bem máscula, tipo, James Earl Jones, sabe, o Darth Vader, o pai do Simba (a voz deles em inglês seus manes).

Sagui - Esse cara... que voz irada. Eu gostaria de ter uma voz assim, aí eu pod....

Cala a boca e presta atenção! - Diz James Earl Jones.

Sagüi, você está flutuando pelo espaço porque você condenou o seu próprio planeta, o seu povo, à destruição. Parte por pura burrice, parte por loucura e sadismo, mas eu acho que esse tempo sozinho já o ajudou a ter uma perspectiva diferente.

E por que eu não morri ó Darth Mufasa?!

Porque ninguém quer você! Satã está no fundo do inferno tentou arrumar alguma maneira de impedir que você consiga entrar lá. Deus desapareceu depois que a Terra foi destruída, ele disse que ia pra outro universo porque era muito perigoso ficar nesse.

Faz sentido, cara da CNN.

Não sou James Earl Jones, seu idiota. Não percebeu que minha voz vem do sol?

Presumi que fosse sua forma verdadeira.

Eu vou ignorar isso. Sou Hélio, eu sou o Sol, uma divindade antiga. Há muito tempo deixei de ter importância, mas graças ao buraco gigante na ordem universal que você causou eu tive que voltar.


é nui zuando tudo nos tempos dourados!

Como assim?

Os deuses ganham poder através das pessoas que os louvam. Quanto mais pessoas louvando, mais forte é a entidade. Há muito tempo eu era bem poderoso. Deus se tornou o mais poderoso há alguns milênios, mas como você matou todos os seguidores dele...

acho que ele se refere a todo mundo no planeta

É claro que eu me refiro à raça humana! Estou vendo que isso vai ser mais difícil do que eu pensava. O que importa é que eu posso trazer tudo de volta.

Não faz isso! Você vai trazer Lady Gaga, Black Eyed Peas, o Brasil, filas, e insetos de volta! Tudo isso mereceu ser destruído!

shut, shut, shut, shut up, shut up! Forever!

Acho, no mínimo, perturbador que a única coisa no universo que te afeta seja insetos, sério, a fúria de Deus e Satã nem te fizeram pestanejar. O fato de você estar vagando pelo espaço há meses mal passou por sua cabeça, mas a imagem de um grilo te faz pular.

Eles são tão feio e esquisitos e pulam e voam e entram no seu nariz quando você dorme! Yuck!

Estamos conversando há 3 minutos e eu já estou assustado. Incrível! É por isso que você será perfeito pra trazer a Terra de volta.

Não vou fazer isso.

Por que não?

Tem razão, eu já to meio entediado. E como eu vou entregar as ultimas entrevistas se o planeta não está lá? Você me convenceu, cara cego daquele filme das crianças que jogam baseball e tem alguma coisa sobre um cachorro assustador.

Isso foi estranhamente fácil, mas não importa. Eu vou trazer a Terra de volta com meus poderes e...

Espera como você vai fazer isso?

Eu tenho poderes pra isso.

Você não disse que precisava de pessoas te louvando pra isso?

Sim, eu tenho você.

Sério, mas eu nem te conhecia.

Conhecia sim, você achava que o sol era um reflexo gigante de você no céu desde criança.

É mesmo, tinha esquecido isso.

E por mais que isso me irrite, depois que você ouviu minha voz começou a me louvar mais porque acha que sou James Earl Jones.

Também é verdade.

Eu vou trazer a Terra de volta, mas ela não vai estar estável. Algumas coisas nela já estavam muito problemáticas, é ai que você entra. Quando eu trouxer a terra de volta, também vou transformar você em meu campeão. Você vai à Terra e vai corrigir as anomalias e consertar a terra de vez.

Legal, que anomalias?

Você saberá quando for a hora, eu vou mandar um pobre coitado pra ser o elo entre nós.

Então manda brasa, eu estou pronto pra porrar essas anomalias.

...
Nossa. Só... nossa...

Eu vou trazê-la de volta, e vou deixar você no caminho do seu primeiro trabalho, o mensageiro entre nós chegara pouco depois. Boa sorte, Sagüi, o planeta depende de você.

Desculpa, eu parei de ouvir quando você falou algo sobre Deus ter ido embora, você podia falar o resto todo de novo?

Uma explosão sem tamanho acontece, eu caio de cara em um campo no meio do nada. Do nada não, onde eu estava antes era nada, isso é alguma coisa, mas não muita. Acho que James ficou um pouco bravo. Mas não importa agora, eu tenho que salvar o mundo, ou fazer compras, algo assim. Olha, tem mais alguém aqui.

Eu estou vivo, graças a Deus! - Diz ele com alegria


"Estou vivo! Não graças a você, maldito Sagüi!"

Acabei de reconhecer, é o meu editor favorito, Quentin, conhecido por suas piadas ácidas e por fazer pouco da minha gramática, se meu pênis não fosse proporcional a meu talento eu ficaria incomodado (escrevi isso porque eu vou pedir pra ele editar isso e quero ver no que dá).

Nota do editor: Muito boa a analogia do pênis ao talento. Se algum leitor acreditar que no meio de palavras desconexas e, se fosse lido o texto original, com 5% de acertos gramaticais, existe um grande talento, seu pênis pode ser comparado, por esse leitor, a um zepelim gigante escrito Goodyear nele.
Porém, se for levado em consideração que há pessoas que não acreditam neste talento, o seu blimblim deixa de ser algo magnânimo e adquire um tamanho diretamente proporcional ao tamanho da influência do Uruguai no Mercosul.

Deus saiu vazado, foi mais pro sol, eu acho. Mas eu não prestei muita atenção e não posso ter certeza.

O olhar de horror dele quando me nota é mais do que prova de que é ele mesmo.

Você! Seu doente, eu te mando procurar uma entrevista interessante, você entrevista Satã! Sabe quantas vezes me ligaram pedindo numero de contato com ele? O Ozzy tá ligando há três dias! Quando você disse que conseguiria falar com Deus, eu sabia que seria uma péssima idéia! Mas destruir o planeta?! Eu vou te matar!

Não tem como, eu não vou pro céu nem pro inferno. Eu tô preso aqui mesmo. Como você sabe disso tudo a propósito?

Você me ligou pouco antes dos meteoros baterem seu imbecil, lembra? Você ficou gritando fuuuuuu e depois mandou uma mensagem pro meu celular.

Sério, eu não lembro. Você tem ela aí?

Tenho.



Deus não foi muito com minha cara, posso ter condenado a terra sem querer, nada de pornografia, FTL, quer sair pra jogar sinuca depois do fim do mundo?

Lembrei agora.

Espera um pouco, alguma coisa ta acontecendo. Quentin começa a brilhar (gay?vampiro?).

Uau, Hélio acabou de falar comigo. O mundo está se segurando por um fio e você vai salvá-lo. Ele me passou a sua primeira tarefa, a primeira de doze. Céus, vamos logo! A gente vai salvar o mundo, eu acho.

Então vamos, fiel escudeiro.

Não sou seu escudeiro, e tira a mão do meu ombro antes que eu bata em você.

Sabe, você nunca me respondeu sobre a sinuca.

Só vamos... logo.


Não perca, em breve, a primeira parte de doze. O grande épico que você sempre soube que veria aqui nesse blog obscuro, de uma cidade esquecida, de pessoas que não tem porque se achar melhor do que os outros idiotas que os rodeiam. Conseguirão nossos heróis salvarem o planeta que ... toleram!? Sei lá! Por quê? Porque eu ainda não escrevi o resto.


OS DOZE TRABALHOS DO SAGÜI.

1 Comentário:

Das Trevas disse...

Sagüi vai salvar o mundo?!?!

Fuuuuuuuuuuuuuuu

Postar um comentário

  ©Movimento Cultural Splatter - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo