ShareThis

quinta-feira, 25 de março de 2010

O Sagüi Relembra: Pokémon

AH... os desenhos. Que criança nunca sentou por horas afinco em frente a uma televisão vendo mundos impossíveis e personagens cativantes, mas, como vocês sabem, eu sou o Sagüi e se eu não estou reclamando/criticando/me revoltando, então eu não estou fazendo o meu trabalho.

Eu gostaria de trazer à vocês algumas coisas interessantes e peculiares que ao longo dos anos eu sempre me perguntei, as minhas teorias em torno de alguns desenhos tão queridos, eu resolvi começar então com um dos mais clássicos de todos, o único anime que quase todo mundo que era criança no final dos anos noventa assistiu: Pokémon.

Pokémon, criaturas fofinhas com poderes incríveis sendo guiados por crianças sem supervisão dos pais, era como um sonho, mas depois de uns anos eu percebi que é possivelmente um dos mundos mais aterradores dos desenhos infantis, vamos começar pela estória.

Ash Ketchum, um jovem de 10 anos de idade começa a sua jornada pelo mundo, ele recebe um Pokémon, e parte em busca de insígnias que só ganhará enfrentando os vários ginásios espalhados pelo continente, ele parte então sozinho, excluindo é claro os seus companheiros Pokémon.

Logo de cara a estória já é perturbadora, primeiro, por que diabos a senhora Ketchum concordou em deixar o seu filho pré-adolescente sair sozinho pelo mundo? Ele tem só dez anos, ele era pra ir pra quinta série, será que ele é uma criança prodígio que já completou os estudos tão cedo? Mesmo se for, como pode se esperar que ele tenha maturidade pra sair em uma jornada assim, e mesmo se tiver, ele ainda é uma criança de 10 anos. Por que ninguém manda uma espécie de supervisor ou sei lá com ele? A mãe do Ash nem trabalha! Por que ela não vai com ele só de garantia? Por que diabos ninguém ligou pra polícia e denunciou essa mulher por maus tratos? O garoto realmente deve estar mais seguro nas florestas do que com uma mãe dessas.


É aí que a estória piora. Ash, uma criança de dez anos, sai de casa, mas ele não está indefeso, porque agora ele tem um rato que obedece a seus comandos, um rato que é capaz de fazer raios caírem quando ele quiser. Imagine você andando na rua, de repente uma criança se aproxima e exige seu dinheiro, você empurra a criança de lado e segue (feliz de ter finalmente ganhado uma briga), então ele lança uma bola a sua frente e uma criatura sai de dentro e você é atingido por um raio/labareda/folhas cortantes/jatos de água em altíssimas pressões. Você está no chão depois de sofrer um ataque cardíaco/queimaduras de terceiro grau/corte na jugular/ pulmão afundado, a criança pega a sua carteira e sai sorridente. Esse tipo de coisa deveria acontecer a todo o momento pra qualquer mané pego na rua sem um Pokémon, é como se as armas fossem legalizadas para todas as pessoas não importa a idade e elas fossem de graça.


E um adendo: o primeiro Pokémon do Ash é dado pelo professor carvalho, um dito especialista em Pokémon, mas assim que ele entrega a criatura para Ash, ele o manda sair pelo mundo e fazer o seu trabalho (ele manda jovens pra possível morte há anos dessa maneira) de catalogar os Pokémon, e quando você fala com ele no jogo ele te da provas irrefutáveis de que sofre de Alzheimer, ele não sabe o seu nome, não sabe o nome do neto e nem o sexo de nenhum dos dois, mesmo estando conversando com a pessoa, ele obviamente está instável . O fato de essa pessoa ficar mandando jovens armados com monstros pelo continente é assustador.



A coisa ainda vai piorar, pouco depois de sair da sua cidade natal Ash encontra uma garota, os dois passam a andar juntos pelo continente. Mais tarde outro garoto se junta aos dois, obviamente Misty , com 12 anos, e Brock, com 14 (sim eu lembro, você não deveria estar me julgando afinal você ta se dando ao trabalho de ler isso). Eis outro ponto perturbador, um garoto de 10 e uma garota de 12 andando juntos talvez não desse em nada por um tempo, mas quando entra um garoto de 14 que é famoso por dar em cima de todas as mulheres em volta, aí o bicho pega. Sem supervisão, por meses andando pelo mato com apenas uns aos outros como companhia, é claro que rolou alguma coisa nos bastidores que ninguém fala, o pior é que eu nem sei se foi um dos dois com a Misty, tudo aponta pra ser um com o outro, pense bem, o Brock é depois do Ash o personagem que mais aparece na série, ele só ficou uma temporada fora (pare de me julgar), a Misty saiu tem um bom tempo e só volta de vez em quando, o Brock cozinha pro Ash, lava as roupas, alimenta os Pokémon, é o melhor amigo, se esses dois não estão juntos eles pelo menos já estiveram em um ou mais ménages juntos, eles realmente caíram de cabeça no “Bros before Hos”


Assim, só que menores de idade e pelados


E finalmente chegamos aos “vilões”. A equipe Rocket caça o garoto há anos e até agora nada. Por que esses manés não se aproximaram quando todo mundo tava dormindo e roubaram as pokebolas logo ? Ou por que não simplesmente botaram espetos no fundo das armadilhas ? Assim Ash e sua turma iam pro saco e as pokebolas ficavam intactas. E por que o Ash não para de ficar achando graça desses manés ? Ele deveria ter arrumado uma arma na segunda temporada, atirado na cara do James, vendido o Meowth (um Pokémon falante ia dar uma boa grana) e mantido a Jesse como escrava sexual, pronto! Sem mais lema idiota, sem perder tempo enfrentando os mesmos caras todas as vezes, e não ia precisar mas de ficar trocando isqueiro com Brock.


Uma ultima coisa, todo mundo sempre se perguntou o que aconteceu com os animais normais no mundo de Pokémon, em alguns episódios alguns aparecem (peixes e pássaros até onde eu me lembre). Uns dizem que os Pokémon são os animais normais daquele mundo, mas eu tenho uma teoria, a seleção natural aconteceu com os outros animais. Imagine um urso pardo, ele é um dos animais mais fortes de todos, ele massacraria qualquer humano. Agora imagine ele andando em uma floresta quando um Scyther surge e ambos começam a se enfrentar por comida, quem vence? O urso ou o inseto gigante com espadas nas mãos? Que tal um tigre contra um Pikachu (um rato,cara)? Depois de sofrer uma parada cardíaca o tigre ia tirar outro bicho da sua dieta, e olha que são exemplos bem longe um dos outros. Imagine que chance uma minhoca teria contra um Digglet, ou um peixe em um mar com Gyarados pra todos os lados, que pássaro ia enfrentar um Pidgeot, nenhum, sem contar os Charmanders e Electabuzzes da vida que iam matar tudo que não pudesse se defender. A seleção natural apenas seguiu o seu óbvio curso e os outros animais foram extintos, como a raça humana ainda existe? Isso é que é incrível! Porque contra a maioria dos Pokémon da pra usar tecnologia, mas e quanto aos Kadabras da vida? Um bicho com poderes psíquicos, maluco! Os humanos com Pokémon ao seu lado são tão sinistros que são a espécie dominante, sem usar nenhum tipo de arma, e ainda ousam mais, capturando os bichos e usando para sua própria diversão.


Versão realista de Pokemon


Tem mais coisas, Por que ninguém troca de roupa? Por que nunca temos as estatísticas de quantas crianças que começaram sua jornada Pokémon foram mortas ou molestadas ou estão desaparecidas? Ou estatísticas falando da quantidade de pessoas foram mortas por Pokémon no ano? Por que a sociedade protetora de Pokémon não faz nada para impedir as rinhas que ocorrem a todo o momento? (se alguém botasse um boi pra enfrentar uma tartaruga no mundo real essa pessoa ia ser presa em dois segundos) Por que ninguém tenta prender a equipe Rocket sendo que eles são criminosos internacionais? Por que ninguém fala sobre o fato de apenas uma pessoa ser enfermeira e uma ser policial, e sobre o fato de que nem a morte impede um Pokémon que simplesmente voltar como Pokémon fantasma e geralmente é mais forte do que a forma anterior? (um Ratatta virando Hunter deveria fazer muitos treinadores iniciantes pelo menos cogitarem colocar veneno na comida dos seus Pokémon mais inúteis). O fato de essas criaturas evoluírem rapidamente não assusta as pessoas pelo motivo de que logo, logo algum Pokémon vai evoluir ao ponto de superar os humanos? Será que os Pokémon psíquicos secretamente controlam o mundo?


Tantas perguntas, tantos problemas, o mundo de Pokémon à primeira vista é um mundo bem legal, mas a verdade é bem mais assustadora.


O único Ash capaz de sobreviver no mundo de Pokemon



Aqui foi o Sagüi fazendo o máximo pra estragar o máximo de aspectos da sua infância de uma vez. Um bom dia, e, se vocês acham que isso não foi o suficiente para matar um pouco da sua infância então não perca o próximo O Sagüi Relembra, Tartarugas Ninja.

2 Comentários:

Marcus disse...

Estou comentando pq parece que o blog ta afundado no esquecimento. Cade aqueles carsa fodas que comentavam sobre o bonde da stronda?

Anônimo disse...

nunca mais vou ver pokemon como via antes... nem vou deixar meus filhos verem O_o
Que mente pertubada...

Postar um comentário

  ©Movimento Cultural Splatter - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo